terça-feira, 29 de julho de 2014

O que é Narrativa Coletiva?

Narrativa Coletiva é um projeto literário que faz parte da disciplina Redação do Colégio Monsenhor Raeder, estabelecido no bairro Barreto, em Niterói/RJ. O objetivo é que os alunos do 1º ano do Ensino Médio aprendam sobre o gênero narrativo produzindo uma história coletiva, que terá a supervisão do Professor de Redação Luciano Motta.

Algumas etapas e considerações devem ser seguidas antes dos textos serem publicados no blog:

1- Semanalmente, cinco alunos assumem as trajetórias de um dos cinco personagens envolvidos na história.

2- Cada um desses alunos produz sua narrativa a partir do ponto em que a história tenha parado na semana anterior (de acordo com o personagem escolhido). Apenas o primeiro capítulo é comum a todos. Depois, à medida que as narrativas são escritas, os rumos da história mudam conforme o desenvolvimento proposto por cada aluno.

3- Os textos são enviados primeiro para o Professor, para a devida avaliação e correção. Depois, são devolvidos aos alunos para que os reescrevam e façam os ajustes necessários. Em seguida, os textos vão novamente para o Professor, e só então podem ser publicados no blog.

4- Na aula seguinte à publicação, outros cinco alunos da turma continuam as histórias dos personagens, respeitando o modo como os alunos anteriores terminaram suas histórias e dando sequência à próxima etapa.

5- Sempre que novos alunos assumem os personagens, o Professor indica uma sequência mínima de eventos para a narrativa que deve ser produzida naquela semana.

6- Depois de todos os alunos terem participado com seus textos, o Professor se reunirá com a turma para uma análise das histórias escritas. O final da narrativa será definida nesse encontro.

7- Serão considerados o empenho, o envolvimento, a pontualidade na entrega dos textos e o correto envio dos mesmos ao Professor, a criatividade e a utilização dos conteúdos dados em sala de aula correspondentes ao gênero narrativo.

8- A história se passa em um mundo fantástico, semelhante aos universos de fantasia encontrados em séries de livros como O Senhor dos Aneis (1954-55), de J. R. R. Tolkien, e As Crônicas de Nárnia (1950-56), de C. S. Lewis.